segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Como se divertir vendo um jogo da NBA

Sei, esse título parece ridículo. Se você se dá ao trabalho de ler um blog de dois caras quaisquer sobre NBA deve ser porque você se diverte bastante ao ponto de querer ler sobre isso quando não tem nenhum jogo no ar. Mas o que eu quero dizer é como você pode encontrar coisas interessantes dentro de um jogo mesmo que este esteja desinteressante, monótono ou até mesmo como deixar jogos bons ainda mais divertidos. Hoje a primeira dica:


Isso que é TV pra ver basquete! Preciso de uma dessa...




Lição 1: Escolha um duelo

Cada vez se usa mais a defesa por zona na NBA, mas nunca é durante o jogo todo e sempre os times acabam voltando pra defesa individual e é aí que você pode escolher a dupla mais interessante que se marca e assistir de perto. O ideal é você fixar o olhar nos dois desde o começo da jogada e ignorar um pouco a bola, veja como os dois vão até o campo de ataque, se eles se pegam o tempo todo, se só chegam junto quando a bola chega na mão de um deles, como é a briga para estabelecer posições e como cada um faz para superar ou intimidar o outro. É diversão garantida.

Um cara sempre legal de ver nessa situação é Rip Hamilton. Ele sempre sai voando por meio de dez mil cortas-luz (é o plural correto?) e tem sempre um mané que é escolhido pelo técnico pra sair correndo atrás dele. Ver como ele faz pra parar Rip é sempre uma diversão: uns tentam se agarrar ao Rip, outros simplesmente o seguem, outros ficam longe só tentando cortar a linha de passe. Independente do resultado da marcação você pode conferir que quem marca ele sai de quadra exausto e corre direto para o garoto cuja profissão é dar Gatorade para os jogadores nos intervalos sem ouvir um "thanks" sequer.

Outro cara que mesmo não estando mais em seu auge é legal de observar é Shaq. Com aquele tamanho e largura toda não é simples marcar ele e o pivô adversário sempre tem que encontrar um jeito de minimizar as atuações do Diesel. É legal ver os que ficam sempre atrás dele o empurrando para que ele fique longe da cesta, outros já preferem ficar na frente para tentar interceptar o passe - geralmente estes contam com um sistema de defesa já bem combinado para que outro jogador vá para trás do Shaq caso o passe passe por cima do primeiro marcador. É justamente por Shaq necessitar dessa atenção especial que é divertido acompanhar de perto a sua marcação. Ah, e ver as cotoveladas que volta e meia seus marcadores levam também pode deixar um jogo monótono bem mais divertido!

Mas não é só com as grandes estrelas que você pode se divertir em duelos. Não é todo dia que se tem o Raja Bell marcando o Kobe, Garnett e Duncan frente a frente ou coisas do tipo. Então olhe para os menos importantes, eles também podem ser legais. Aliás, o que me inspirou a fazer esse texto foi um duelo que aconteceu ontem no Staples Center entre Chris Kaman e Zydrunas Ilgauskas.

O Cavs ganhou o jogo no seu estilo, amarrando o jogo até o final para o LeBron dominar nos minutos finais, mas o que deixou o jogo legal foi o duelo entre os dois gigantes branquelos que se deu desde o primeiro quarto.
O duelo não foi de muita força já que os dois são mais do estilo finesse, com jumpers, ganchos e essas coisas que o Eddy Curry não sabe fazer. Big Z começou melhor cavando algumas faltas e usando de alguns pump fakes para tirar Kaman do chão. Já o gigante do Clippers respondeu com bons arremessos de meia distância que obrigaram Big Z a sair mais do garrafão para contestar os arremessos, o que facilitou não só as infiltrações de Corey Maggette como deu a chance de Kaman usar sua velocidade (rápido para um pivô gigante, claro) para ele mesmo partir para cima.

Pelos números, não houve vencedor no duelo. Ilgauskas fez 25 pontos e pegou 6 rebotes. Kaman fez 21 pontos e pegou 8 rebotes. Ilgauskas, porém, foi mais decisivo e acertou bonitos jumpers no quarto período, enquanto Kaman foi ignorado por Cassell e Maggette nos minutos finais. Mas quer saber? Quem se deu melhor mesmo foi quem assistiu ao duelo, até me empolguei e vou usar meus 1,78m para brincar de pivô em alguma quadra por aí hoje.
Depois volto com mais dicas para você se divertir vendo um jogo da NBA!


ps. Não liguem para a mudança continua de fontes nos textos, estamos ainda descobrindo a melhor.

2 comentários:

LPS disse...

AHWUWE#HSUAEhAEUShEUhESUHES

Bem legal o texto.
Já tinha feito isso no jogo 7 das finais de 05, quando meu Miami e seu asilo ganhou o titulo. Os caras davam a vida na marcação... No Wade então...

Felipe disse...

Duelos sempre são legais de ver! É uma boa dica, pois são poucos que prestam arenção nessas coisas.

- geesy