sexta-feira, 30 de maio de 2008

Aproveitem Kobe Bryant

Assista o jogo e depois conte para seus filhos como bom mesmo era a época do Kobe...


Tem dias em que você simplesmente precisa esquecer o lado ruim das coisas e apenas admirar o que tem que ser admirado. Eu sei que tem gente passando fome no mundo, que existem guerras, violência e que as pessoas morrem pelos motivos mais tolos, mas isso não pode te impedir de gostar e de sorrir com um belo quadro na parede, com uma piada boba ou com o envolvente andar de uma garota bonita. É assim, escondemos de nós mesmos as coisas ruins, nem que seja por alguns instantes, para fazer as coisas boas parecerem mais importantes e assim podemos desfrutar do que há de bom na vida.

Esse é um texto para todo mundo que odeia o Kobe Bryant.

Eu sei que são poucas as pessoas que odeiam ele à toa, existem alguns motivos. Alguns odeiam porque dizem que ele se acha bom demais, que é convencido, outros dizem que é porque ele se preocupa muito em ser o novo Jordan e não em ser ele mesmo, alguns dizem odiar porque ele é fominha e só se preocupa com os números. Já vi gente que odeia ele porque é fã do Shaq e que ainda não superou a época de briga dos dois. Todos os argumentos tem seu fundamento, em algum momento da carreira Kobe deu motivo para que pensassem isso dele, além disso soma-se o fato dele jogar em um time que é amado por muitos e odiado por todos os outros, o Lakers, e que ele ganhou três títulos seguidos no começo da sua carreira, todo mundo sabe como os vencedores irritam bastante.

Mas acho que todos os que odeiam o Kobe, que são chamados nos EUA de "Kobe-haters", apesar dos motivos que dizem ter para isso, estão fazendo um grande mal para eles mesmo. Afinal, antes de ser fã do Kobe, do LeBron, do Michael Redd ou do DJ Mbenga, acredito que todos que acompanham NBA têm que ser fãs de basquete. Mas antes de me prolongar mais no assunto, acho melhor deixar claro que existem dois tipos de fãs que odeiam o Kobe, existem os que não gostam dele mas reconhecem seu talento e os que tentam provar que ele não é tão bom assim.
Eu sou contra esse último tipo, o primeiro é até bem comum. Eu vivo zoando o Duncan aqui no blog, por exemplo, mas sou fanático pelo jogo dele, a quantidade de jogadas diferentes que ele consegue fazer de costas pra cesta é algo fora do comum. Até quando jogo minhas peladas por aí uma das jogadas que eu mais faço, principalmente com o jogo nos momentos decisivos (leia-se perto do ponto 21), é um arremesso usando a tabela naquele mesmo ângulo do Duncan, ou seja, na hora de bancar o herói do jogo eu imito o Duncan, não o Kobe, Jordan, Wade ou esses caras mais idolatrados por mim mesmo. É a pura admiração pelo jogo dele, mesmo que quando ele entre em quadra eu torça pra ele errar todos seus arremessos e para o time dele ficar em último e ser humilhado em rede nacional.

Isso acontece porque mais do que odiar o Duncan ou o Spurs, eu sou fã de basquete. Já os caras que odeiam o Kobe e tentam ficar provando que ele é ruim, superestimado (o famosso "Overrated", como eles dizem na América do Norte) ou simplesmente que ele é pior que o Jordan, são caras que perdem a oportunidade de aproveitar a chance de ver um dos melhores jogadores de todos os tempos e o melhor jogador da atualidade em ação. Eu não dou a mínima para saber se o Kobe foi melhor que o Jordan, o Jordan está aposentado, a carreira dele acabou, fique com as lembranças que você tem com carinho na sua cabeça, assista os vídeos que você gravou, compre o DVD, veja os sites que falam da carreira dele, assista vídeos no YouTube de momentos marcantes, mas deixa o Kobe fora dessa, é uma comparação que não faz sentido. A besteira chegou ao ponto de criarem um site chamado KB24overrtated.com, que é um site que diz ter o maior banco de dados de comparações entre Kobe e Jordan em toda internet, com centenas de estátisticas, vídeos, textos e mais. Eu não consigo me conformar que alguém esteja perdendo seu tempo fazendo isso, de verdade. Pra mim já foi revoltante o bastante quando encontrei gente do mundo todo na internet falando mal do Kobe depois do seu jogo de 81 pontos contra o Toronto, eram pessoas condenando a defesa do Raptors, chamando o Kobe de fominha, dizendo que qualquer um faria aquilo em um time fraco se fosse fominha como o Kobe, essas coisas. Eu, desde que fiquei sabendo, trocentos anos atrás, dos 100 pontos do Wilt Chamberlain, sempre fiquei bravo porque sabia que nunca veria nada parecido, que o máximo que víamos em um jogo eram uns 60 pontos de um jogador, e que isso já era fora do comum. Então imagina ver os 60 e mais 21 pontos! 21 pontos era uma média por jogo de alguns ótimos jogadores da liga. Sempre achei impossível. Quando Kobe mostrou que era possível, eu entrei em um êxtase indescritível, senti pela primeira vez que poderia ver a história acontecendo ao vivo e não só em vídeos ou na descrição de pessoas mais velhas, como me acostumei como fã de basquete e futebol, já que tudo era sempre melhor antes, sempre pior agora, bem agora que eu estou vendo.

Eu fico bem triste de não ter assistido o Oscar Robertson jogar, o Bill Russell, o Wilt Chamberlain, o Jerry West, Dr. J, Pete Maravich... são tantos que eu queria ter visto jogar e não vi que até dá pra entrar em depressão. Depois disso vem aquela geração que a maioria do pessoal mais velho até conseguiu acompanhar, com Jordan, Pippen, Bird, Magic Johnson, Hakeem Olajuwon, Barkley, Isiah Thomas e tantos outros. Essa foi uma geração que a TV passou algumas coisas, mas que mesmo assim víamos muito pouco. Hoje em dia, com a maravilha da internet, eu fui capaz de ver praticamente todos os jogos do Lakers na temporada e mais todos os dos playoffs, tudo acompanhando por centenas de sites do mundo todo que nos dão entrevistas, números, análises, curiosidades, ou seja, tudo o que você precisa (e não precisa, mas quer) para aproveitar cada dia da temporada. É uma chance de compensar o passado. Já que não tive tudo isso pra acompanhar todas as outras gerações de grandes jogadores, vou usar para aproveitar a geração de Kobe, LeBron, Duncan e cia.

Não comparar o Kobe com ninguém e apenas assistir aos jogos pra ver ele jogar é um favor que você faz a si mesmo como admirador do basquete. Se quiser torcer contra o Lakers, torça, é só um time, mas não deixe de admirar o que Kobe Bryant está fazendo em quadra, aquilo tudo é raro, são poucos que fazem, são poucos que já fizeram. É simples, aproveitem para assistir enquanto vocês tem a chance, assistam ao vivo, é melhor que viver do passado.

Ontem, no jogo 5 da final do Oeste, Kobe fez sua melhor performance nos playoffs até agora e uma das melhores em toda sua carreira nos playoffs. Foram 39 pontos, acertou 16 dos 30 arremessos que tentou e acertou os 5 lances livres que cobrou. O número de lances livres, aliás, é algo marcante nessa série. Nos últimos três jogos da série, o Kobe cobrou apenas 6 lances livres e conseguiu poucas bandejas, afinal é nas bandejas, geralmente, que ele consegue suas faltas para bater os tiros livres, e mesmo assim Kobe teve médias altíssimas de pontos e alto aproveitamento nos arremessos.

O Spurs fez o que fez com o LeBron no ano passado, fechando o garrafão, grudando o Bowen nele e dizendo "Se você quiser fazer pontos vai ter que ser de longe e com um dos melhores marcadores da NBA na tua frente". Kobe aceitou o desafio e soube superar Bowen, fazer seus pontos e, mais importante, fazer os pontos quando o time mais precisava deles. No jogo de ontem, assim como no jogo 1 e como em outros jogos dos playoffs também, Kobe começou tranquilo, forçando poucas bolas, deixando caras como o Gasol e o Radmanovic marcarem seus pontos nos primeiros quartos. Isso é imporante demais para o resto do time pegar confiança, para engrenar o ritmo de jogo e para o próprio Kobe não cansar. Depois, com o jogo para ser decidido, o Kobe tomou as rédeas da partida e decidiu a favor do Lakers, foram 17 pontos só no quarto período! Algumas jogadas foram de tirar o fôlego, teve bola de 3 na cara do Bowen, um arremesso dificílimo com o Duncan com a mão no rosto do Kobe e uma outra, minha favorita ontem, que foi um giro que ele deu no Bowen e finalizou com a mão esquerda. É categoria pra dar e vender.

O jogo de ontem foi uma obra-prima de Kobe Bryant, um clássico dos playoffs que espero que todos vocês que gostem de basquete tenham aproveitado. Eu sei que o Kobe não fez isso sozinho, o Sasha marcou muito bem o Manu de novo, Gasol foi um monstro nos rebotes (ontem foram 19!) e ainda ajudou com tocos e assistências, Odom foi magnífico e o Jordan Farmar foi quem iniciou a reação do Lakers após um começo destruidor do Spurs, mas pra falar a verdade nós demos muito valor ao Phil Jackson e a todos os outros jogadores do Lakers durante todos os playoffs e até na temporada regular, até o Radmanovic nós elogiamos, hoje era dia de falar de Kobe Bryant.

Ah, mas que fique claro que nem os fãs do Lakers, nem Phil Jackson e nem Kobe Bryant estão satisfeitos com a conquista do Oeste. Phil e Kobe deram entrevistas logo após o jogo em que disseram que eles não ficariam felizes apenas por ganhar o Oeste, que eles querem mais. Phil Jackson, além disso, disse que não há nada pior do que chegar até as Finais, chegar tão perto do título, e perder. Kobe sabe disso e sabe que basta uma série final abaixo da média para todos os críticos acordarem e começarem a dizer que o Jordan faria melhor. São uns chatos!

Para quem não viu ou para quem apenas quer babar um pouco de novo, aqui tem um vídeo com as principais jogadas do Kobe no jogo de ontem, a segunda do vídeo é ao giro e a finalização com a mão esquerda que eu citei acima:





Velho Spurs
















Não podia deixar o Spurs de fora do post, afinal, quando os campeões caem, sempre viram notícia. Eu não gosto de chutar cachorro morto, então nem vou zoar muito o Spurs, até porque eles sempre são classudos o bastante para admitir que o outro time mereceu ganhar, não são como o Rogério Ceni que nunca admite que tomou um frango.

O assunto do momento é que o Spurs precisa renovar, que o time é velho demais. Eu acho que eles tem que fazer isso mas com calma. Um dos diferenciais do Spurs é a experiência, é saber lidar com todo tipo de situação, acho que o ideal é contratar alguns caras novos para ajudar o time mas contratar ou manter alguns veteranos, não cercar o trio Duncan-Parker-Ginobili com pivetes apenas. Uma aquisição que seria importante já foi adiada, era a ida do Splitter. O brasileiro poderia ajudar muito o Spurs na sua renovação e até poderia ser titular lá, mas deve passar mais um ou dois anos na Espanha, uma pena para nós que acompanhamos a NBA bem mais de perto.

Mas acho que os torcedores do Spurs não precisam se preocupar muito, não. O RC Buford, manager do time, junto com o Gregg Popovich, sempre foram ótimos em achar bons Free Agents pouco disputados e em pegar talentos no final do draft. Além disso, não deve faltar veterano doidinho pra ir pro Spurs pra ter chance de ganhar título. E tem mais, todo mundo sabia que o Spurs não ia ganhar esse ano, eles são incapazes de ganhar títulos em anos consecutivos ou em anos pares. Cuidado com eles nos playoffs de 2009!

10 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, digam o que quiserem, mas Kobe é o cara.

Heverton Elias

Ronin disse...

Kobe é fantástico. Eu, particularmente admiro e muito o basquete do cara, embora eu goste mais de outros jogadores, como o próprio T-Mac (chamado de pipoqueiro durante o chat.ehehehehe). Enfim, quanto aos Spurs, acho que voltarão fortes, não tem jeito. Os caras seriam o Boca Juniors, caso a NBA fosse a Libertadores. O Suns seriam o Corinthians...mas fazer o que?
Se o time que torcemos não ganhou, resta secar o algoz e acompanhar o que há de melhor no basquete e ver coisas que fazemos só no videogame.

thales disse...

xD

Alguem acreditava mesmo que eles fossem ganhar esse ano??

EU acho que esse ano o lakers jah levou... Phill Jackson é mago em finais, e o Kobe tá jogando mto...

Acho que Lakers e Celtics poderão fazer uma final disputada *o celtics nem venceu e eu jah to botando eles na final xD* mas no fim o Phill Jackson vai prevalecer pq o Doc Rivers é ridiculo *e por alguns outros fatores*

Rodrigo Tiveron disse...

belo Texto denis ou danilo
seja la qm postou

como vc diz
os torcedores do suns q pararam de ver a nba gostam do time e n de basquete...pq sinao fariam como eu e assistiriam até as finais
pq eu amo basquete, msmo q meu time n esteja nas finais eu adoro ver um bom jogo...ja fiquei acordado até vendo bulls e knics na temporada regular
xD

enfim
nas finais acho q da celtics e lakers embora eu quisesse detroid e lakers

abração

rodrigo lakers disse...

Ótimo artigo Denis. É basicamente como eu penso quando eu vejo alguém menosprezando o Kobe. Quem acha que ele não é tão bom, bom da cabeça não deve ser, ou odeia basquete. Peguem um jogo pra prestar atenção nos movimentos dele, nos fadeaways, o footwork que tira completamente o marcador da jogada, a sua ótima defesa, o instinto assassino pra atacar a cesta, as penetrações que só param com faltas, enfim. Dos jogadores que eu vi jogar, com toda certeza é o que se assemelha mais ao estilo do Jordan. Quanto as comparações, só o fato dele ser comparado com o maior de todos os tempos já fala muito sobre em que nível o Kobe está. Eu sou contra todas essas comparações, ainda mais quando um deles ainda joga e tem muito chão pela frente e o outro já encerrou a carreira. Já vi em vários lugares que o Kobe só se importa com os números e que ele quer ser maior que o Jordan, eu discordo. Essa disputa não existe, foi criada por "fãs". O Kobe só quer ser ele mesmo, um vencedor e deve ser analisado só pelo talento dele. Quando eu tiver meus netos vou poder falar que vi Jordan e Kobe no seu auge, e tantas outras lendas do basquete, e eles vão ficar putos porque os velhos sempre falam que o passado foi melhor e assim vai. rs

Guilherme disse...

Com relação ao Spurs eu acho q eles tao precisando de um Jason Maxiells. um pivo raçudo e q pule pq ninguem no garrafo do Spurs pula.

Eu mesmo nao gosto do KB24 mas nao reconhecer q ele eh um exelente jogador eh ridiculo.


Pena o Spurs nao ir a final desde 1999 toda final sempre tem Shaq ou Duncan a "regra" foi quebrada.

Guilherme O. M. S. Flores disse...

um dos melhores textos sobre basquete/NBA que já li, parabéns!!!
A entrevista do Kobe que passou hoje no intervalo do jogo Pistons x Celtics disse muita coisa... ele dizendo que acha o bom ser comparado com o melhor de todos os tempos, mas que só quer ser ele mesmo, e muitas pessoas não deixam. "let me be me"...
Agora é Lakers na final... 4x1 ou 4x2!!!

bahia disse...

Perfeito o post. Hoje eu estava conversando sobre os Lakers com pessoas que não sabem muito de basquete, apenas porque eu precisava desabafar pra alguém que a história estava sendo escrita e que eu estava vendo ao vivo e com 8 cameras diferentes. Que existia alguém chamado Kobe e que ele me fazia lembrar dos 6 campeonatos que eu vi o MJ ganhar, e sentir o mesmo êxtase vendo alguém doar, não só o seu talento mas, todo o seu suor para vencer. Eles não sabiam quem era kobe, e eu perguntei: vocês sabem quem é Michael Jordan?
Eles falaram que sim, claro, e me perguntaram se esse Kobe era melhor. Eu respondi na mesma hora: Jamais! Um foi o Jordan e o outro é o Kobe, mas um dia vcs vão saber quem ele foi. E depois não consegui explicar porque seria uma idiotice compará-los. Acho que você pescou a resposta: O prazer pelo basquete. A admiração por esse jogo está acima dessas comparações, e ela só é tão grande porque existiu um jogador chamado Wilt, um outro chamado Larry, um tal de Magic só pra citar os que eu não vi ao vivo. Mas acima de todos esses, para mim que só tenho 21, porque eu pude ver um maluco chamado Michael e porque eu estou escrevendo isso com um sorriso no rosto por saber que ainda vou poder aproveitar um outro chamado Kobe por alguns anos!
É isso...aproveitem Kobe Bryant!

Thiago Anselmo disse...

Kobe é espetacular, ele sabe o que faz nas horas dificeis e quando a coisa aperta...

Ele é muito habilidoso e deixa qualquer um pra tras. T-MAC poderia e tem tudo para ser habilidoso e comandar um time assim, mas o HR nao copera..


NBA ETC E TAL

Entrem e comentem!

http://nba-etc-etal.blogspot.com/

Abraços


Obs.: Venho lhe pedir para nos colocar como sites brazucas de basquete.

Thiago Anselmo disse...

OBS.: muito show a nova cara do BLOG, parabens!!!
depois vou pedir uma ajudinha sua com photoshop e com o dominio..

hsaushuahs


NBA ETC E TAL

Entrem e comentem!

http://nba-etc-etal.blogspot.com/

Abraços