sábado, 26 de setembro de 2009

Dono da Bola - Boston Celtics

Ray Allen, seu patrão e duas cocotas no casamento do RayRay


Como anunciado ontem, começamos hoje uma de nossas colunas, a "Dono da Bola". Nela vamos conhecer o dono de cada um dos times da NBA. Começo re-postando algo que já coloquei no BasketBrasil, o perfil de Wyc Grousbeck, dono do Boston Celtics.

Wyc Grousbeck
Temporadas no comando: 7
Playoffs: 5
Títulos de divisão: 3
Títulos de conferência: 1
Títulos da NBA: 1

Riqueza estimada: 360 milhões de dólares
Comprou o time por: 360 milhões de dólares (2002)
Valor atual da equipe: 447 milhões de dólares
Maior contrato oferecido: Paul Pierce (US$59 milhões, 2006)
Técnicos contratados: 3 (Jim O’Brien, John Carroll e Doc Rivers)

O pai de Wyc Grousbeck, Irving, foi o co-fundador da gigante da TV americana Continental Cablevision, empresa que foi vendida anos atrás por míseros 11,5 bilhões de doletas. O dinheiro era bom e o filho Wyc também estava bem de vida. Em 1992 estava casado e teve um filho. Porém, depois de algum tempo, Wyc e sua mulher Corinne perceberam que o filho era cego. Decidiram então levá-lo à Perkins School of Blind, nas proximidades de Boston. A escola era reconhecida como a melhor do mundo para cegos e se gabava de ter sido o local de estudos de Helen Keller, famosa e importante escritora e feminista que era surda-muda.

Apenas pela necessidade do filho e pela vontade deles de colocá-lo na melhor escola do país, eles abandonaram a Califórnia em direção a Boston. E somente por isso o desejo da família de comprar o Oakland Athetics (time de baseball) ou o San Francisco Giants (de futebol americano) se transformou no desejo de comprar o Boston Celtics. O basquete era a terceira opção nos sonhos da família, no âmbito pessoal talvez ficasse ainda mais atrás. Na universidade o esporte pelo qual Grousbeck mais se dedicou foi o remo, em que até ganhou títulos.

Wyc Grousbeck comprou a equipe ao lado de seu pai e do investidor Steve Pagliuca (não o goleiro da Itália!). Os três foram atrás de outros endinheirados e formaram o fundo de investimento “Banner 17″, em referência aos banners (bandeiras, painéis) que se penduram nos ginásios a cada título de uma equipe da NBA. O objetivo do grupo era óbvio: comprar a equipe e conseguir o 17º título para o Celtics depois de mais de 20 anos de fila.

Foi Grousbeck quem foi atrás de Danny Ainge para ser o General Manager da equipe. A decisão pareceu duvidosa após inúmeras trocas questionáveis feitas por Ainge, incluindo o bizarro fato de Antoine Walker sair do time num ano, voltar em outro e então ser trocado de novo.

A insistência em Ainge, porém, rendeu frutos. Foi o mesmo Ainge que montou o time com Pierce, Allen e Garnett que rendeu o sonhado 17º título em 2008. Esse time, porém, não foi barato. Todos os salários deixavam o Celtics acima do teto salário e um valor alto em multas deveria ser pago, Ainge não poderia ter feito nada sem o aval financeiro de Grousbeck, como disse o próprio Danny Ainge:

"O grupo de investidores que me contratou sempre me encorajou a gastar dinheiro. Wyc e os outros caras são muito competitivos. Acho que os outros times de Boston (Patriots e Red Sox) estão reestabelecendo o padrão de nível dos times daqui e eles não querem ficar pra trás"

Abaixo um vídeo onde o Grousbeck conta sobre o processo de design do anel de campeão de 2008 e conta que a idéia para colocar a assinatura do Red Auerbach no interior do anel foi dele. Rico, bem-sucedido, dono do Celtics e ainda dá pitacos em design de jóias. Meio gay, mas o cara é um sucesso absoluto.

4 comentários:

Felipe disse...

Só uma correção.

San Francisco Giants também é time de Baseball.

Time de futebol americano de SF é o 49ers.



Abraços!

Belo texto

thales disse...

Coluna muito boa e original

o Bola Presa tá ficando kda vez melhor!

Marcelo disse...

as duas "cocotas" da foto não são as respectivas esposas de Ray Ray e seu patrão?
kkkkkkk

Denis disse...

Hahaha, as duas cocotas são as esposas dele sim, mas chamar de esposa era muito chato.

E valeu pela correção, Felipe, sou um completo ignorante nos outros esportes americanos.

Abraços!