sábado, 16 de abril de 2011

Preview da primeira rodada - Parte 1

Começam hoje os playoffs da temporada 2010-11, nem acredito! A temporada foi tão longa, mas tão longa, que achei que eu fosse descer no meio do caminho, a gente chega nos playoffs já exausto, até esqueceu o que é bom basquete depois de umas semanas regadas a Eddie House e Jamaal Magloire. Por outro lado, os playoffs sempre chegam cedo demais, nem deu tempo de fazer todas as coisas que eu me prometi fazer antes de começar a parte da temporada que realmente importa. Então toca lavar a roupa que eu jurei que ia lavar semana passada, fazer mercado, plantar uma árvore, pregar aquele botão, tudo às pressas antes de começar o primeiro jogo. Os playoffs são difíceis para os jogadores, os jogos são físicos e brigados, mas nem se compara com o esforço para nós torcedores: tem que ver todos os jogos, vários por dia, não dormir, comer nos intervalos, tomar banho rápido na pia, cagar num piniquinho e dar migué para o chefe no trabalho, pro professor na escola, e pra Alinne Moraes na cama. Para isso, é sempre essencial ler o post do Denis com as dicas de como acompanhar os playoffs. É um post clássico, tem 3 anos, mas é imortal e vai te transformar num especialista da arte de dar migué. Depois não venha choramingar dizendo que perdeu um jogo importante porque precisou fazer provinha ou alguma coisa ainda mais idiota tipo realizar uma cirurgia cerebral pra salvar uma criança. Lembre-se, as crianças sempre podem esperar. As crianças e os anões.

Os playoffs começam hoje com Bulls e Pacers, e seguem com mais três jogos ao longo do dia: Heat e Sixers, Magic e Hawks, e Blazers e Mavs. Ou seja, é dia de ficar na frente do computador ou da TV tomando só purê de maça na veia.

Como são muitas séries, o tempo é curto, e preciso resolver todos os perrenhes da vida pra poder me trancar num bunker nuclear e acompanhar integralmente os playoffs, vou optar por uma abordagem mais... digamos, minimalista no preview dessa vez. Tentarei resumir os confrontos de sábado com o mínimo de palavras possível, fazendo uso de vídeos e infográficos se necessário, assim até aquele seu priminho analfabeto vai poder se preparar para as séries de hoje. Amanhã tem mais, resumindo as séries de domingo.

É claro que se expressar com poucas palavras vai contra o continuum do espaço-tempo no Bola Presa, mas assim que todas as séries tiverem começado faremos nossas tradicionais análises dos jogos - gigantes - com mais embasamento do que esses exercícios Walter Mercadianos de futurologia que todo mundo faz por aí e a gente sempre tenta evitar. Claro, meio-que-estou-dando-um-migué, mas o que conta é analisar quando virmos exatamente como os times vão se enfrentar. Vamos, então, para o resumo de leve dos jogos que acontecerão no sábado:


Bulls vs Pacers



Ai. Esse, senhoras e senhores, é o Ronnie Brewer, que volta de contusão e deve jogar hoje mesmo. E essa, senhoras e senhores, é a defesa do Pacers, uma peneira. Os dois times jogam em alta velocidade, os dois times gostam de jogar no contra-ataque, então devemos ter jogos divertidos cheios de porra-louquice. A defesa do Bulls está entre as duas melhores da temporada, mas a dificuldade deles é justamente em parar os contra-ataques e em defender jogadores de garrafão com as costas para a cesta. Isso quer dizer que se o Pacers abusar do contra-ataque e acionar Roy Hibbert com frequência, talvez não seja um massacre. A defesa do Bulls, no entanto, tem tudo para comer o Danny Granger vivo e para ter contra-ataques o Pacers vai precisar defender o ataque do Bulls com eficiência. Ainda acho que o Derrick Rose solta pouco a bola, mas quer saber? Quanto menos ele soltar dessa vez, melhor contra o Pacers, que não vai ter ninguém pra parar o garoto. E tem mais: me sinto ridículo escrevendo um preview para essa série porque o Pacers foi para os playoffs sem querer. Sem querer. Em pleno projeto de reconstrução. Se a Conferência Leste tivesse times de basquete, isso nunca aconteceria.


Heat vs Sixers

O LeBron chamou o Sixers de "o Nuggets do Leste". Ele provavelmente quis dizer que trata-se de um time que sem nenhum puto de um sentido continua ganhando e pode assustar os times grandes. Fato, o Sixers não faz sentido, eles deveriam feder mas não fedem, eles não tem uma estrela. Mas se o Heat está assustado com eles, é melhor parar por aqui e todo mundo ir ver Ursinhos Carinhosos - O Filme, afinal o próprio LeBron lembrou de um troço importante: é o Nuggets DO LESTE. Isso quer dizer, dentre outras coisas, que o ataque do Sixers tem tanta dificuldade de funcionar em meia quadra que se você estiver com sono, pode até achar que se trata do Bucks, então imagina como eles vão sofrer contra a defesa do Heat. Talvez se o Elton Brand usar o robô gigante do Jaspion, o jogo de meia quadra funcione contra o garrafão mais fraco e baixo do Heat, pena que ele tenha perdido seu talento para os Monstars uns anos atrás. Fora isso, os dois times vão viver dos contra-ataques, são dois dos times que mais fazem pontos de transição na NBA. O problema vai ser o Sixers conseguir defender a ponto de ter transição. Real motivo pra ver a série? Se você quer ver o circo pegar fogo, uma derrota do Heat seria a maior broxada da história da humanidade depois da vez que a Tiazinha tirou a máscara na Playboy. É pra contar pros filhos. Se o Heat vencer, a gente boceja, diz que o time é apelação, que assim "até eu", e sabe que o Nuggets vai perder a série deles no Oeste também.


Magic vs Hawks

Eu já escrevi esse preview ano passado. E é terrível que a NBA ainda não tenha dado um jeito de impedir que essa série aconteça de novo! Nós esperamos tanto tempo, a temporada regular é tão estupidamente longa, e aí somos obrigados a ver o time que perde para qualquer pivô meia-boca enfrentar o time com o pivô mais dominante da atualidade? Abaixo, vai um infográfico com tudo que você deve fazer ao acompanhar a série entre Hawks e Magic:

Clique para ver de pertinho cada detalhe visual de nossos infográficos



Blazers vs Mavs

Putamerda, mais uma vez o Mavs é favorito, mais uma vez o Mavs tem mando de quadra, e mais uma vez aquela sensação de que eles vão ser eliminados na primeira rodada está viva e andando entre nós. Estatística bizarra: o Mavs é o segundo time que faz mais pontos em jogadas de isolações (entenda "esse time idiota continua usando mal o Kidd") e o Blazers é o segundo time que pior defende isolações no mano-a-mano. Ou seja, dá pra prever o Nowitzki fazendo chover e descobrindo a cura para o câncer. Por outro lado o Blazers é mais eficiente justamente onde o Mavs peca, que é no jogo ofensivo de garrafão com o LaMarcus Aldridge. O Blazers se salva em muitos jogos nos rebotes ofensivos, o Dallas é um dos melhores times em rebotes defensivos da liga. E as duas equipes jogam em velocidades parecidas, valorizando o jogo de meia-quadra, com o Mavs usando os contra-ataques para as bolas de três pontos, e o Blazers atacando mais o garrafão. Ou seja, vai ser sem dúvida nenhuma a série mais parelha dessa rodada - até mais do que Thunder e Nuggets, me desculpem. Engraçado é que o Blazers também não devia estar aí depois de perder Greg Oden e Brandon Roy, além de muitas outras contusões, e do Roy ter voltado com peças de Lego no lugar de joelhos, mas o Mavs também não deveria estar na terceira posição do Oeste depois de perder Caron Butler pela temporada inteira. E, minha nossa, o Mavs é um time tão pior sem o Butler em quadra! Os dois times conseguiram campanhas surpreendentes apesar das contusões, têm estilos parecidos em alguns pontos, opostos em outros, são muito piores sem os jogadores que perderam, e deve ser uma briga boa. Mas o Mavs, sabe como é, o Mavs. Se passarem da primeira rodada, é capaz que tenham Caron Butler de volta para as semi-finais, seria épico. Mas para isso...

Basta apenas olhar para o Blazers, puxar um pouco da memória, olhar para o Mavs e saber que tem tudo pra dar merda. Torcedores do Mavs: tenham medo.

21 comentários:

luisfae disse...

Apesar desse final do texto, GO MAVS!

Gabriel disse...

GE-NI-AL, parceiro!

As séries-treino de Bulls e Magic sem comentários.

Tenho a sensação de que o Doug Collins vai fazer um milagre e ganhar um joguinho nessa série. Nos confrontos regulares ele sempre mostrou superioridade enorme contra o Spoelstra. Ele lê bem o Heat e sabe o que fazer pra neutralizar, só não tem recursos humanos adequados.


O Mavs, além de tudo, é muito azarado. Como contra o Warriors, seu adversário é um bom time que contratou bem sem ceder ninguém. Com esse time desde o começo, o Blazers se classificariam melhor posicionado(ou os jogadores se contundiriam).

E o infográfico é demais! Cresci numa casa mal-assombrada, onde todos(exceto eu) gostavam de Fanta uva. O pior é que os FDP sempre acabavam com a coca primeiro! Quando a criogenia estiver mais desenvolvida, dormirei até a abolição.

Danilo disse...

Nessa temporada regular acho que o Hawks até conseguiu segurar as pontas contra o magic.

Mas lógico, se aquela série já foi um estrago e hoje o Dwight tá melhor que naquela época...

ingo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz disse...

Ow, da hora o video que vocês postaram.

Dick Harden disse...

Vocês podem até não gostar dos brasileiros na NBA nem do Hawks, mas falar mal do melhor refrigerante do mundo é coisa de quem acha que RC Cola é o melhor refri de cola.

Tirando essa lamentável frase, ficou genial esse preview, principalmente o do Heat.

Sormani disse...

Aposto que as equipes com melhor ganham a serie por 4x0

Kauê disse...

Pacers mostrou que não vai ser uma série-treino pro Bulls. Pode até ser 4 a 0, mas seria um 4 a 0 brigado. E eu tenho a nítida impressão que, nestes playoffs, com exceção de Lakers e Magic, todos os times melhores colocados das duas conferências estão pegando justamente os adversários mais complicados possíveis pra eles dentre os times piores classificados. Devem rolar alguns upsets ou, no mínimo, algumas séries mais longas.

Albert de Paula disse...

Até concordo com o Kauê, mas será que os pacers vão manter o mesmo nível de hoje? não sei, vamos ver... agora que o rose é um monstro isso sim, o kara simplesmente colocou todo mundo no bolso no final do jogo, as infiltrações dele são tão incríveis quanto estranhas!

Ah, espero mesmo que meu Blazers vença, mas como torcedor e alguem que acompanha esse time há anos, sempre fico com um pé atrás quando se trata de playoffs, mas claro, estou na torcida!

Anônimo disse...

Sixers é mais o Suns do Leste do que o Nuggets do Leste :D

arturmr disse...

O danilo, sabe onde tu enfia esse foto do baron davis??????? ¬¬

Flávio disse...

Caras, o melhor jeito de marcar D12 e, consequentemente, matar o Magic seria deixar o D12 jogador, fazer a bola chegar só nele, pra ir deixando o resto do time sem ritmo e, quando o bagulho apertar, dobrar nele, triplicar ou a puta que pariu, e fazer a bola acabar na mão de alguém que não está no jogo/frio? O problema do Hawks é quem apertaria no caso haha
Respondam por favor! Pode ser minha primeira boa idéia no basquete.
Valeu, abraço!

Anônimo disse...

Ainda bem que eu não segui o que está no post do Magic x Hawks.

O jogo tá muito bom, além disso o Hawks tá dominando a partida.

Anônimo disse...

ps.: Falem que o Spurs vai perder no próximo post please, não quero zica pro meu time não.

thiago disse...

Ufa, sou torcedor do mavs e estava com medo dessa serie, mas agra q os maiores pé-frios da internet flaram isso eu estou tranqilo

André Moedor disse...

Nova franquia na NBA: Dallas Referees!

Danilo disse...

Ai, não. Tinha esquecido dessa parte chata dos playoffs: todo jogo aparece alguém pra reclamar da arbitragem...

Maurício disse...

Pô, e agora que o Atlanta venceu, como fica seu post? haha xD Brincadeiras a parte, esse blog é bom demais. Acompanho faz pouco tempo, mais ou menos dois meses e já li a maioria dos posts de uns 2 anos pra cá! Não dá pra não ler, é muito divertido, muito informativo. Parabéns pra vocês, ganharam mais um grande fã!

André Moedor disse...

Mermão, eu não sou torcedor do Portland. Eu parei pra assistir um bom jogo da NBA, e é o que estava acontecendo até o fim do jogo, onde todo ataque do Dallas resutava em lances livres merecidos, e nenhum ataque do Blazers era marcado falta, sendo que muitas ocorreram. Estragou o fim do jogo, foi uma sensação de coito interrompido.

Anônimo disse...

"Tinha esquecido dessa parte chata dos playoffs: todo jogo aparece alguém pra reclamar da arbitragem..."
Mas que favorecem o Heat mais que os outros times é fato.

Arthur Engel disse...

E o time que conseguiu a vitória mais ampla no sábado foi justamente os Hawks contra o Magic, heheheh... sem falar que na temporada regular foi 3x1 a favor dos Hawks!

Mesmo assim, ótimo post!